Gatrooms logo Menu
    • Youtube
    • Spotify
    • Instagram
    • Blog
    • História

      Se procura locais históricos, Lisboa deve ser a sua cidade de eleição. A cidade foi palco de muitos eventos, tais como impérios colossais, pragas, epidemias, incêndios, revoluções, golpes de estado, ditaduras… bastante! No dia 1 de novembro de 1755, Lisboa foi vítima de 3 terramotos, 1 incêndio e 1 tsunami. A cidade ficou devastada e quase completamente destruída. A intervenção urbana preconizada pelo Marquês de Pombal foi a responsável direta pelo aspeto e reorganização atuais da nova Lisboa. O Gat Rossio reflete uma das fantásticas construções que este plano visionário deixou, a famosa arquitetura pombalina. Um edifício que parecia ser feito à medida para nós, quase parecia que estava à nossa espera! A mesma filosofia, 2 séculos de diferença… não é uma sorte?!

    • Gat experience

      O Gat Rossio é sinónimo de amizade, tendo sido concebido do princípio ao fim para fazer da sua estadia algo mais do que agradável. Seja curioso, divertido, amigo do ambiente, amistoso, leal e inteligente. Tal como um gato! Seremos sempre leais ao nosso espírito de gato, garantindo que lhe proporcionamos um lugar de descanso acolhedor, no centro da cidade, consciente dos custos e acessível. Não temos convencionalismos nem formalismos no nosso dicionário, somos apenas amigos de amigos de amigos.

    • Design

      Graças à visão inovadora e contemporânea do estúdio de arquitetura Bopbaa, o Gat Rossio pode oferecer-lhe 71 quartos decorados com gosto para fazer da sua estadia a experiência mais agradável possível. Não importa o tipo de quarto onde fique, se vem sozinho ou acompanhado, todos os quartos estão equipados com camas da melhor qualidade para garantir o seu descanso. A decoração minimalista fará desvanecer todas as preocupações, não há espaço para problemas!

    • Localizaçao

      O Gat Rossio situa-se mesmo no centro da cidade de Lisboa, na Rua do Jardim na área da Baixa. Você decide para onde quer ir a partir daqui: Chiado, Bairro Alto, Alfama ou até subir o elevador de Santa Justa (desenhado pelo autor da Torre Eiffel, Auguste Eiffel)! Outra opção seria viajar no bonito elétrico, subir uma das colinas que rodeiam a cidade, admirar o Oceano Atlântico desde a boca do rio Tejo, comer bacalhau, ouvir fado, dançar no Frágil, passear pela Feira da Ladra… a lista é longa, podíamos demorar uma eternidade a completá-la!

    Close menu